Conquista da cultura: virou Lei o projeto do vereador Dr. Gutemberg que amplia horário de ensaios dos grupos de Bumba meu Boi

Agora é Lei! Em plena agitação do São João Maranhense, o maior do Brasil, os grupos de Bumba meu boi… [ ]

30 de junho de 2023

Agora é Lei! Em plena agitação do São João Maranhense, o maior do Brasil, os grupos de Bumba meu boi de São Luís já podem festejar mais uma conquista. A Lei de nº7.459/2023, de autoria do vereador Dr. Gutemberg, foi promulgada neste mês de junho, pelo Presidente da Câmara Municipal de São Luís, vereador Paulo Victor.

A Lei amplia o horário de término dos ensaios dos grupos de Bumba Meu Boi de 4h para às 6h da manhã, no período correspondente ao Sábado de Aleluia até o dia 31 de julho de
cada ano.

Defensor da cultura maranhense, com várias Leis nesse segmento, a exemplo do Dia Municipal dos Blocos Tradicionais, Dr. Gutemberg comemorou a promulgação da Lei.

“Em maio deste ano, celebramos na Casa Parlamentar a aprovação desse meu Projeto de Lei, que recebeu apoio de todos os nossos vereadores. Agora, o Projeto se torna Lei! Fico muito feliz com mais essa conquista para os grupos de Bumba Meu Boi, símbolo da cultura de São Luís, do Maranhão e do Brasil. Viva o São João Maranhense! Viva os nossos brincantes do bumba meu boi”, disse o parlamentar.

Dr. Gutemberg explica que elaborou a Lei porque foi procurado por representantes dos grupos culturais de Bumba Meu Boi, que reivindicaram a ampliação do horário. Segundo o vereador, a justificativa apresentada para a alteração se dá por conta da dificuldade do retorno dos integrantes dos grupos para suas residências após o término dos ensaios.

“Quando esses ensaios terminam às 4h não tem como voltar para casa. Não há ônibus, não há Uber e não há segurança. E eles ficam até às 6h esperando as condições para que o retorno em segurança aconteça. Mas agora essa realidade muda. E nossos grupos de bumba meu boi terão mais tempo para ensaiar e aperfeiçoar essa linda manifestação cultural, que é Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade”, disse Dr. Gutemberg.

Via Diego Emir

0 Comentários

Deixe o seu comentário!