Na última terça-feira (12), ocorreu na capital piauiense, Teresina, a 16° Edição do Fórum de Gestores e Gestoras da Agricultura Familiar do Nordeste.

O Fórum tem como objetivo discutir temas ligados à regularização fundiária e pautas abordadas durante a realização do Seminário “Povos e Comunidades Tradicionais”, que ocorreu dentro da programação. Uma das pautas trata do sentimento dos movimentos sociais diante das demandas sobre regularização e o panorama das legislações fundiárias estaduais para os povos e comunidades tradicionais.

Representando o Estado do Maranhão, o presidente do ITERMA, Raimundo Lídio falou sobre a importância do Fórum, “É um ambiente de discussão importante para as políticas públicas voltadas para a agricultura familiar, dessa forma os órgãos de terras estando organizados e fortalecidos, tanto com politicas quanto recursos humanos e tecnologias a regularização de terras tradicionais de famílias avança. Precisamos de união para fortalecer as ações em benefício dos homens e mulheres do campo”, disse Raimundo Lídio.

Também estavam presentes Júlio Mendonça da SAF e Lorrana Santana da AGERP representando o Governo do Estado do Maranhão.

Todos os Estados do Nordeste estavam representados e o evento conta com o apoio do Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (Fida), do Banco Mundial, Instituto Interamericano de Cooperação para Agricultura (IICA), do Semear Internacional, órgãos do Governo do Piauí como Sasc e Secult, e órgãos do Governo do Estado do Maranhão como ITERMA, SAF e AGERP.