Foi lançada, nesta terça-feira (15), a Feira da Agricultura Familiar e Agrotecnologia do Maranhão (Agritec) dos territórios Munim, Lençóis e Delta, em Barreirinhas. O evento foi realizado no auditório do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (STTR) de Barreirinhas.

Na oportunidade o Secretário de Agricultura e Abastecimento de Araioses., Ivanildo Ribeiro, esteve presente também representando o município de Araioses, “Será a primeira vez que Araioses irá participar da Agritec. Estamos organizando os agricultores familiares para estar participando na caravana do município. Nos dias do evento haverá cursos e seminários. Artesãos que também queiram participar basta procurar a Secretaria de Agricultura ou Turismo para se inscrever. Agradecemos o apoio do Prefeito Dr. Cristino incentivando a participação do município na nessa feira de Tecnologia”, disse.

O lançamento ressaltou a data de realização da Agritec de Barrerinhas que será do dia 6 a 8 de novembro, no antigo aeroporto. A Agritec é voltada para a socialização de tecnologias para os agricultores familiares do Maranhão. A Feira tem o objetivo de contribuir com a melhoria da produção e renda dos pequenos produtores, além de movimentar a economia local e regional.

A Feira da Agricultura Familiar e Agrotecnologia é uma realização do Governo do Estado, por meio do Sistema de Agricultura Familiar, o Sistema SAF, formado pela Secretaria de Estado de Agricultura Familiar (SAF), Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e de Extensão Rural do Maranhão (Agerp/MA) e Instituto de Colonização e Terras do Maranhão (Iterma/MA).

A Feira, que é territorial, oportuniza a comercialização de alimentos produzidos por agricultores atendidos pelo Sistema SAF, exposição de artesanato e produtos de municípios dos territórios, além de exposição de pequenos animais e demonstração de tecnologias simples no espaço tecnológico.

O evento conta com parceria com de movimentos sociais (MST, Aconeruq, Fetaema, Fetraf, Miqcb), do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e so Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar).