Durante os meses de maio e junho os grupos do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos – SCFV realizaram algumas atividades intergeracionais. O objetivo desses encontros é promover momentos de integração entre as crianças, adolescentes e idosos que participam dos grupos do SCFV.

A primeira atividade aconteceu no dia 23 de maio com o Tema Dia do Abraço. A atividade teve como objetivo a socialização entre os grupos, a valorização da amizade e a importância do cuidado com o outro através de um simples gesto: o abraço.

A Segunda atividade aconteceu no dia 06 de junho em parceria com a APAE, na oportunidade, as crianças e adolescentes tiveram momentos de descontração, interação e integração com os alunos da APAE. A intenção também foi promover a socialização e a convivência. Antes da visita, os orientadores fizeram discussões com as crianças sobre os preconceitos existentes entre as faixas etárias, salientando que o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos também objetiva e incentiva trocas interpessoais, além do convívio e do conhecimento recíproco entre as gerações.

O Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos/SCFV é um Serviço socioassistencial e socioeducativo, em que se propõe prestar apoio efetivo à família, através da inclusão em programas de transferência de renda e na rede de serviços para acessar os direitos básicos de cidadania. E, trabalhar as famílias enquanto sujeitos socioculturais, com suas histórias e projetos, fazendo reflexão sobre o cotidiano e formas de organização da família para promover suas capacidades e autonomia.

O SCFV tem caráter preventivo e proativo, realizado em grupos, de modo a garantir aquisições progressivas aos seus usuários, de acordo com seu ciclo de vida. Destina-se a crianças, adolescentes, idosos em situação de vulnerabilidade. Parte-se do princípio de que a convivência no campo socioeducativo é uma oportunidade de vivência a atitudes e valores que fortaleçam e despertem o prazer de viver em comunidade, a importância da vida, a aposta em si mesmo dentro de padrões sociais solidários e cooperativos.