A secretaria Municipal de Assistência Social – SEMAS, através da Coordenação de Proteção Social Especial – PSE, realizou no ultimo dia 16 de maio no Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vinculo Bem Querer a Culminância do Projeto Faça Bonito, o projeto foi realizado durante duas semanas na Escola Municipal Gonçalves Dias na Comunidade São Raimundo Nonato, foram ofertados durante a execução do projeto serviços como: atendimento médicos bucal, atualização do cartão de vacina, atendimento Social, atendimento Psicológico, palestra com os pais dos alunos com a temática a importância da Bolsa Família, roda de conversa entre professore e  psicólogo e  roda de conversa entre alunos e psicólogo.

A Secretaria Municipal de Assistência Social realiza durante todo o mês de maio, ações voltadas para o Dia Nacional de Luta Contra o Abuso e Exploração Sexual de Criança e Adolescentes (Campanha Faça Bonito de 18 de maio), tendo como principal objetivo chamar a atenção da sociedade sobre a importância do envolvimento de todos no combate aos crimes como o abuso e a exploração sexual infanto-juvenil.

Tendo como slogan “Faça Bonito- Proteja nossas crianças e adolescentes”, a campanha que acontece em nível nacional tem como símbolo uma flor, que simboliza a fragilidade da primeira infância. O Projeto tem como objetivo proporcionar maior proximidade e identificação junto à sociedade Araiosense, proximidade e identificação com a causa. “O slogan Faça Bonito – Proteja nossas crianças e adolescente quer chamar a sociedade para assumir a responsabilidade de prevenir e enfrentar o problema da violência sexual praticada contra crianças e adolescentes no Brasil”, disse o Coordenador da PSE Areolino Vieira de Albuquerque Junior.

Sob esse enfoque, as unidades dos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) e Centros de Referência de Assistência Especializada (CREAS) do Município de Araioses, prepararam uma série de atividades voltadas ao tema com palestras, rodas de conversa, atividades educativas, apresentação de filmes, oficinas, entre outros.

O Evento contou também com a participação efetiva da Secretaria Municipal de Saúde e Educação, as quais levaram os serviços ali disponibilizados durante o evento e com a presença e apoio do Prefeito Dr. Cristino.

História

Em 1973 um crime bárbaro chocou o Brasil. Seu desfecho escandaloso seria um símbolo de toda a violência que se comete contra as crianças.

Com apenas oito anos de idade, Araceli Cabrera Sanches foi sequestrada em 18 de maio de 1973. Ela foi drogada, espancada, estuprada e morta por membros de uma tradicional família capixaba. O caso foi tomando espaço na mídia. Mesmo com o trágico aparecimento de seu corpo, desfigurado por ácido, em uma movimentada rua da cidade de Vitória (ES), poucos foram capazes de denunciar o acontecido. O silêncio da sociedade capixaba acabaria por decretar a impunidade dos criminosos.

Lei

Lei 9.970 – Institui o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual Infanto-juvenil

Art. 1º. Fica instituído o dia 18 de maio como o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.