O presidente Jair Bolsonaro anunciou no Twitter, neste domingo (31), que o Ministério da Infraestrutura suspendeu pedidos de instalação de mais de 8.000 radares em rodovias federais de todo o país.“Sabemos que a grande maioria destes têm o único intuito de retomo financeiro ao estado”, afirmou o presidente em uma das postagens na rede social. Em seguida, Bolsonaro fez uma nova publicação, dizendo que quando forem renovados, os contratos das concessões rodoviárias no Brasil passarão por análise para verificar a real necessidade da existência dos radares “para que não sobrem dúvidas do enriquecimento de poucos em detrimento da paz do motorista”, publicou Bolsonaro.Na avaliação do presidente, muitos desses equipamentos são feitos para gerar retorno financeiro ao Estado.“Ao renovar as concessões de trechos rodoviários, revisaremos todos os contratos de radares verificando a real necessidade de sua existência para que não sobrem dúvidas do enriquecimento de poucos em detrimento da paz do motorista”, escreveu o presidente, que está em viagem oficial de quatro dias a Israel.