A Prefeitura Municipal de Araioses através da Secretaria de Assistência Social tem oferecido oficinas profissionalizantes e de geração de renda no Centro de Referência da Assistência Social (CRAS).

A partir da autonomia socioeconômica das famílias, cada um de seus membros passa a exercer de maneira mais consciente a cidadania. O objetivo dos cursos é potencializar a capacidade produtiva das famílias para que seus integrantes tenham autonomia.

A coordenadora do CRAS, Tyanne Rocha, explica que o atendimento é feito a partir da demanda espontânea das famílias, ou de qualquer indivíduo residente na área de atuação dos CRAS. Tendo em vista que o público prioritário dos cursos são os beneficiários do Programa Bolsa Família e usuários inscritos no Cadastro Único, os beneficiários passam por procedimentos de acolhida e entrevista, visando identificar assim o perfil do assistido. Nessa avaliação, são considerados os casos de vulnerabilidade social decorrentes da pobreza, privação ou fragilização de vínculos afetivos.

“Com a qualificação profissional, principalmente para pessoas de famílias participantes de programas de transferência de renda estamos colaborando para o crescimento de nossa cidade. Nossa equipe da secretaria tem trabalhado forte para que ações como essa sejam oferecidas para a população.”, disse a secretária de Assistência Social, Julliana Gonçalves.

Além dos cursos, o CRAS oferece à comunidade atividades culturais, socioeducativas e lazer nos grupos do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) para idosos, crianças e adolescentes no CENTRO DE CONVIVÊNCIA BEM QUERER que fica localizado na Rua 21 de Abril, Bairro Conceição.

Atualmente as inscrições estão abertas para os cursos de CORTE E COSTURA/CROCHÊ, e são feitas com a recepcionista Milagres no CENTRO DE REFERENCIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL (CRAS), localizado na Rua Maracanã, Bairro Alto São Manoel. Lembrando que, o curso só permite uma pessoa por núcleo familiar.