Com o objetivo de fortalecer a identidade cultural local, o Instituto Federal do Maranhão (IFMA) Campus Araioses realizou, de 16 a 18 de abril, a II Semana dos Povos Indígenas. A programação contou com palestras, apresentações culturais, exposição de documentários e visitação a salas temáticas. O evento foi organizado pelo Núcleo de Estudos Afrobrasileiros e Indiodescendentes (Neabi) do campus.

Os organizadores da Semana destacam que a história da cidade de Araioses se origina a partir da migração de um grupo de Tremembés de Tutóia, chamados de Araios, mas que essa identidade é pouco valorizada. Por isso, as atividades buscaram reintegrar alunos e comunidade à revalorização de suas raízes étnicas.

“A ação foi muito satisfatória e de grande relevância, pois se observou um grande empenho dos alunos, dos pais e da comunidade presente no evento, havendo total interação entre os envolvidos”, comenta a coordenadora do projeto, Liana Reis.