É preciso ter coragem e enfrentar a Educação como prioridade para ter o futuro que desejamos: mais igual, justo e desenvolvido.